Começamos ontem a dar quinze dicas para fazer uma Landing Page de sucesso, e hoje vamos postar as sete que faltaram. Para dar uma recapitulada (ao estilo Telecurso 2000), vimos a importância de um visual clean e organizado,  a necessidade de mostrarmos os relatos dos clientes e indicarmos com clareza os call to action da sua página. Então bóra continuar com as dicas!

9. Múltiplos Call to Action – Incluir botões com destaque na página e em todo o momento em que o usuário estiver interagindo. Um exemplo: se a sua landing page tem um vídeo (e já falamos que é uma boa ideia ter), coloque um botão comprar bem destacado ao lado, no campo de visão do seu usuário.

call-to-action

10. Evite fuga do usuário – Lembre que, em uma landing page não podemos ter banners ou links que chamem a atenção do internauta, fazendo com que ele saia da sua página para visitar outro site. Você o levou até aquela página e ele precisa converter o objetivo dela.

11. Home Page não é Landing Page – Parece obvio, mas é mais comum do que gostaríamos. Navegando pela web, são muitas as campanhas que encontramos que estão sendo direcionadas para a home page de um site. Não dê trabalho para o seu possível cliente, direcione-o diretamente para a página que ele está procurando.

Até agora, falamos principalmente sobre o design de uma landing page de sucesso, no entanto, todos nós sabemos que não é só isso. As outras quatro dicas, são de práticas que normalmente passam desapercebidas pelo pessoal do marketing, mas que são fatores decisivos no sucesso de uma página de entrada!

12. Técnicas de SEO – Desenvolver a landing page com boas práticas de SEO irá melhorar o posicionamento de sua página em sites de busca. Para as páginas utilizadas em campanhas de links patrocinados, é imprescindível um bom desenvolvimento para aumentar o quality score e, dessa forma, reduzir o seu CPC – custo por clique –, melhorar o seu posicionamento no buscado, assim como aumentar o retorno da sua campanha.

13. Compatibilidade com todos os Browsers – Com o aumento de acessos via mobile e com os diferentes navegados disponíveis hoje, você não pode criar uma página que não seja compatível com todos eles. Ou seja, não dá pra deixar de fora nem o carinha que usa Internet Explorer (e esses carinhas ainda existem). Por mais óbvio que isso possa parecer, é bastante comum esse tipo de problema em landing pages. Sendo assim, quando formos fazer uma, que a façamos preparada para tudo e para todos.

14. Evite o uso de Pop-Ups, Pop-Unders, etc – Como já comentamos antes, nós não podemos dificultar a vida do nosso usuário (mentalizem isso, é sério!). Existem hoje diversos navegadores com bloqueadores de pop-up e pop-under, dessa forma, dessa forma, evite essa prática, já que pode prejudicar a taxa de conversão da sua página.

15. Desenvolva páginas leves – A internet está disponível para a esmagadora maioria dos brasileiros, dos ricos aos mais humildes. No entanto, as formas e velocidades de conexão são as mais diversas. Sendo assim, o ideal é desenvolver páginas simples e leves, possibilitando assim que todos possam carregá-la rapidamente em diferentes browsers e dispositivos.

~~ Bom, agora que as dicas estão dadas, a sua página certamente já foi para o ar fora do praso e você está recebendo um número altíssimo de conversões, chegou a hora de mensurar os resultados, testar e extrair o melhor que a sua página pode oferecer para o seu negócio!