No infinito mundo das redes sociais enquanto algumas desaparecem outras surgem. Hoje resolvemos apresentar 5 delas que estão surgindo e valem a pena conhecer.

Medium, So.CL, Highlight, Pheed, Keek são as novas promessas do mundo digital

Medium, So.CL, Highlight, Pheed, Keek são as novas promessas do mundo digital

Keek

Originada em Toronto – Canadá em 2011, Keek ficou popular em 2012 quando Kim Kardashian e suas irmãs criaram um perfil ali e compartilharam vídeos curtos de sua vida privada. O interessante dessa red é que conta com uma aplicação para smartphones bem desenhada e uma versão para desktop onde se pode interagir e buscar conteúdo e pessoas.

Pheed 

Uma das mais recentes, Pheed ficou conhecida em outubro de 2012 e desde então vem chamando atenção por sua interface atrativa e porque permite compartilhar fotos, vídeos, textos e também notas de voz. Está centrada nos smartphones, principalmente iOS e Android e vem contando com uma boa aceitação entre o segmento jovem.

Highlight 

Lançada em janeiro de 2012, essa rede social é bastante útil já que permite conhecer melhor aos amigos de outras redes sociais, assim como descobrir novas pessoas que estão geograficamente próximas e compartilham interesses. Também está baseada nos telefones celulares e tem uma intereface interessante.

Muito eficaz para buscar, consultar e publicar conteúdos, a So.CL permmite agrupar em um só post informações de vários tipos e fontes diferentes, de tal forma que em apenas uma publicação se pode incluir tudo relacionado a um tema. Sem dúvidas pode ser uma fonte de conteúdo para quem busca informação de um tema específico. Por ser muito recente, poucos a conhecem, mas foi criada pela Microsoft.

Medium

A rede social dos intelectuais! É uma plataforma para ver e compartilhar conteúdos de forma rápida e fácil, e principalmente concreta. Nesse momento só existe sua versão Beta (é preciso receber convite para criar um perfil), mas dizem que em breve será aberta ao público em geral. Medim foi criada por Evan Williams, um dos criadores do Twitter e tem como objetivo separar o “bom conteúdo” do conteúdo spam/lixo”