O redesign de uma marca pode ser algo extremamente difícil de fazer. Criar algo novo e que mantenha as características antigas não é mole, além de ser uma grande responsabilidade. No entanto, com algumas dicas para redesign de marcas, sua vida pode ficar menos complicada bem mais fácil.

6 dicas para redesign de marcas:

1. Reformule

Ao começar o trabalho, lembre-se que através do logo é que uma empresa é reconhecida pelos seus clientes. As pessoas se familiarizam com aquela imagem e uma mudança radical pode acabar com isso – a não ser, é claro, que seja esta a intenção.

A forma mais fácil de fazer essa repaginação é mantendo a estrutura do design antigo intacta, mas com um visual atualizado, adicionando alguns elementos discretos e fazendo mudanças sutis.

Reformule: dicas para redesign de marcas

2. Recicle

Outra maneira de fazer o redesign de marcas pode ser esta: escolha um ou mais elementos do logotipo utilizado anteriormente e que você acredita que tenha relevância com o contexto atual ou com a mensagem passada pela empresa.

A partir daí você tem liberdade para incorporar suas próprias ideias e inovações para criar a nova marca do seu cliente.

Reclice: dicas para redesign de marcas

3. Menos é mais

Antes de começar a trabalhar em cima do redesign de uma marca, tenha em mente: o novo logo deve ser menos complicado e mais atraente que o antigo.

Lembre-se que a sua nova peça irá ser vista por inúmeras pessoas que estavam acostumadas com o design antigo. Complicar as coisas pode, ao invés de impressioná-las, confundi-las.

Menos é mais: dicas para redesign de marcas

4. Seja original

Pode parecer algo batido, mas é sempre bom relembrar: seja original. A criatividade é tudo nesse ramo. O logo que você projetar deve ser único. Se você criar algo muito parecido com o anterior, a mudança não vai ser percebida, o que tornará o seu trabalho inútil. Um bom exemplo é o que foi feito com o logo do buscador que ninguém usa Bing.

Seja original: dicas para redesign de marcas

5. Crie valor

A simplicidade pode ser algo fantástico, mas não deixe tudo simples demais. Se você criou algo minimalista, por exemplo, entenda que o seu design precisa ter um propósito e um conceito que o torne original.

Criar por criar não irá funcionar nesse caso. É preciso transmitir valor com o trabalho.

Crie valor: dicas para redesign de marcas

6. Não siga tendências

Tendências vêm e vão. Imagine se todas as empresas, hoje, remodelassem suas marcas com um design em flat design. O que acontece daqui alguns anos quando as cores chapadas saírem de moda?

Um logo deve ser atemporal, então não se influencie pelos trends do design na hora de criar ou fazer o redesign de uma marca.

Não siga tendências: dicas para redesign de marcas