The True Story of the Internet, apresentado pelo jornalista John Heilemann, é um documentário dividido em 4 episódios que passa pelas histórias de nerds obcecados por computadores que se transformaram em bilionários e visionários do século 21.Suas trajetórias servem de pano de fundo para detalhar como se desenvolveu uma das maiores revoluções tecnológicas da nossa história.

São mostradas as questões políticas e batalhas que envolveram grandes corporações do Vale do Silício e governo, além de cenas que somos obrigados a rir. O  documentário mostra como se desenvolveu o pensamento desses visionários para fazer coisas simples, que atualmente usamos todos os dias e em meados dos anos 90 pareciam loucura. The True Story of the Internet serve para lembrarmos o que éramos antes da Internet e vermos tudo que se transformou nesses poucos anos. É impossível não refletir sobre o impacto de tudo isso no nosso dia-a-dia, na cultura, no mercado de trabalho, enfim… Assista!

 

Episódio 1 – A Guerra dos Navegadores – Fala sobre o desenvolvimento do Mosaic, de seu sucessor, o Netscape Navigator até chegar no Internet Explorer detalhando todas as batalhas contra a Microsoft.

 

Episódio 2 – A Pesquisa – Trata do desenvolvimento das ferramentas de busca que culminaram no Google. Sim! Muitas ferramentas vieram antes do Google. Veja como ele as engoliu por completo com apenas uma ideia e poucas reuniões no Vale do Silício.

 

Episódio 3 – A Bolha –  Trata dos primeiros e-commerces e da “bolha” que se formou no mercado, tendo como ponto central a Amazon e o eBay.

 

Episódio 4 – O Poder das Pessoas – Finalmente, o quarto episódio trata do poder dos usuários na rede, tendo como referência principal o desenvolvimento do Napster.

Existe um artigo de Henry Jenkins que fala sobre o que veio antes do YouTube. Segundo o autor as pessoas já faziam vídeos, já criavam suas narrativas e o YouTube apenas se converteu em uma ótima ferramenta para elas. A grande conclusão que chegamos com esses 4 episódios é que todas essas ‘loucuras’ como Google, eBay, Amazon, Napster, etc. deram certo por que  os usuários já estavam preparados para essas inovações. Visionários foram aqueles que viram onde havia espaço para dar às pessoas ferramentas úteis para suas vidas.