A JWT, uma das agências de publicidade mais conceituadas no mundo e com escritório no Brasil, fez as suas previsões de tendências para 2013. Eles lançaram um vídeo com algumas dicas do que o internauta/consumidor/publicitário poderá esperar para o próximo ano. Veja:

1. Jogue em vantagem como em uma competição: Adultos adotarão, cada vez mais, a ideia de que as crianças precisam equilibrar a organização e atividades pré-programadas, bem como o uso incessante de tecnologia, com uma desconstrução disso. Em uma era onde as pessoas sentem que não podem poupar tempo para atividades que não têm metas específicas, haverá uma crescente percepção de que o tempo não estruturado gera mais criatividade, imaginação e inovação.

2. A Era do super stress: Estamos entrando na era do stress super. E, como estresse é mais amplamente reconhecido como um problema médico sério, governos e empresas aumentarão os esforços para preveni-lo e reduzi-lo.

3. Objetos inteligentes: Objetos do cotidiano estão evoluindo em tecnologia com a difusão de dispositivos com funcionalidade melhorada. Como itens mais comuns tornam-se interativos, a nossa interação com eles ficará ainda mais interessante, agradável e útil.

4. Previsão personalizada: Como a ciência de análise de dados torna-se mais eficiente e sofisticada a cada dia, e consumidores geram dados mais mensuráveis do que nunca, as marcas serão cada vez mais capazes de prever o que o cliente precisa. As empresas farão ofertas mais personalizadas.

5. Impressão digital móvel: Nossos smartphones estão evoluindo para se tornar carteiras, chaves, consultores de saúde e muito mais. Logo, eles assumirão o papel das impressões digitais de fato, reunindo a nossa identidade em um só lugar.

6. Explosão sensorial: Em um mundo digital, onde a vida é virtual e online, vamos colocar um prêmio na estimulação sensorial. Os comerciantes vão procurar outras maneiras de envolver os sentidos e como eles amplificarão os estímulos. Os consumidores esperam produtos cada vez mais potentes e experiências únicas.

7. Tudo é varejo: As compras estão mudando de uma atividade que ocorre em lojas físicas ou online a um valor de troca que poderá atuar de várias maneiras inovadoras. Uma vez que quase tudo pode ser um canal de varejo, em grande parte graças à tecnologia móvel, as marcas devem focar em ser cada vez mais criativas para vender seus produtos.

8. Poder pontual: Como o mercado ponto a ponto se expande em tamanho, movendo-se para além dos produtos para uma ampla gama de serviços, cada vez mais eles desestruturarão grandes indústrias de hospitalidade e educação para o turismo e transporte.

9. Sendo privativo em público: Em uma era em que a vida pública está se tornando padrão, as pessoas estão chegando com formas criativas para esculpir espaços privados em suas vidas. Ao invés de rejeitar as mídias sociais e ferramentas de compartilhamento, estamos colhendo todos os benefícios de manter uma identidade vibrante digital, enquanto, ao mesmo tempo, gradualmente,  gerenciando uma nova noção de privacidade para o século XXI.

10. Saúde e felicidade: A busca da felicidade é uma busca antiga do ser humano, bem como a busca de uma saúde melhor. Mas, na idade moderna, temos tendência de ver esses objetivos sem ligação alguma. Isso foi mudando gradualmente, como a idéia de “bem-estar” tornou-se parte da nossa rotina, com a mente e o corpo sendo levados em conta.