Para cada pessoa online, há duas outras que não estão, conforme mostra o gráfico a seguir, que evidencia a baixa penetração da Internet em países subdesenvolvidos.

 

populacaoconectada

Fonte: statista.com

Apesar disso, o presidente do Google, Eric Schmidt twittou, dia 13 de abril, que até o final dessa década todos na Terra estarão conectados. A declaração de Schimidt sobre o que seria a #NewDigitalAge reascendeu a discussão se isso realmente é possível, principalmente considerando países pobres na África e Ásia que ainda não solucionaram o acesso a serviços básicos como água e energia.

Segundo Eric Shmidt, todos estarão conectados

Segundo Eric Shmidt, todos estarão conectados

O que não deve ser esquecido, porém, é o papel dos dispositivos móveis em conectar as pessoas mesmo nos lugares mais pobres do mundo. Os telefones celulares têm ajudado os consumidores a superar dificuldades antigas de infraestrutura. Um exemplo disso é o continente africano, onde grande parte das pequenas transações financeiras já é realizada via dispositivos móveis. Os smartphones, que já vêm atuando como protagonistas no universo da comunicação, são a grande esperança para o acesso à internet em países subdesenvolvidos.

Mas o que isso tem a ver com o Brasil?

Tudo! Na América do Sul 43% da população tem acesso à Internet. Com o crescimento exponencial da conexão a cada ano que passa, ainda que não se chegue a 100% da população conectada, como espera o presidente do Google, sabe-se que há um nicho gigante de mercado em pleno crescimento a ser explorado. Ao menos 50% da população do nosso continente irá, nos próximos anos, começar a interagir e a consumir através da rede mundial de computadores. O que pode ser uma notícia ruim para alguns, é visto por nós, da BigHouse Web com muito otimismo.

É fato: todos os negócios relacionados à comunicação digital tendem a crescer nos próximos anos. E você, está preparado?