O ano de 2013 não foi dos melhores para o Facebook, principalmente entre os jovens. Com a popularização do mobile e a grande adesão de pais, mães, tias, tios e até avós na rede, o que significa uma grande perda de privacidade, adolescentes acabaram optando por outras plataformas, privadas ou com funções específicas – caso do WhatsApp e do Instagram.

Notando isso, a GlobalWebIndex – empresa focada em pesquisas de marketing – procurou saber para onde, especificamente, esses jovens estavam indo. No gráfico abaixo estão apontadas as redes que mais cresceram entre o primeiro e terceiro semestre de 2013, com a impressionante ascensão do WeChat e do Vine. A versão desktop do Facebook teve decréscimo de 17%. O impressionante é que, das 20 redes que mais cresceram nesse período, 15 são aplicativos para smartphone ou tablets. crescimento-redes-sociais-2013

Facebook ainda lidera como rede social mais popular entre jovens

facebook-lidera-popularidade

Para quem trabalha com redes sociais, sorte de quem não tem clientes com jovens nessa faixa etária como público-alvo, que assim terá mais algum tempo para se preparar. Mas a tendência é de que a lógica de 2013 se repita com força ainda maior nesse ano.