Em entrevista ao Wall Street Journal, o CEO do Google, Eric Schmidt, criticou as medidas da Apple contra parceiros de sua empresa. O último caso notável é o do processo por quebra de patente que a Apple move contra a Samsung. O executivo disse que a rival costuma “atacar as nações que possuem relações diretas com o adversário para enfraquecer o poder dele”. O investidor diz que “é extremamente curioso que não processem o Google diretamente”.

Ainda na conversa, Schmidt disse que as duas companhias, Apple e Google, funcionam como “dois países competidores”. Para ele, quem acaba sendo o maior prejudicado em todas estas guerras sobre os registros de patentes tecnológicas são os pequenos desenvolvedores. Afinal, em muitos casos, eles não conseguem criar produtos por conta destas barreiras. No entanto, para os consumidores, quanto mais rivalidade, melhor, afinal, uma estará sempre querendo superar a outra.

CEO do Google, Eric Schmidt, alfinetou rival em coletiva (Reprodução)