Ainda que pouco a pouco, a rede social do Google está conquistando espaço no dia-a-dia dos usuários de internet. Muito longe de incomodar Mark Zuckerberg, o tempo gasto no Google+ está crescendo, enquanto no Facebook está diminuindo.

Em março de 2013, internautas passaram 6 minutos e 47 segundos em média no Google Plus, o que representa um aumento de 3,3 minutos em relação ao ano anterior.

Já o Facebook, que arranca 6 horas e 44 minutos do nosso mês (em média, porque sabemos que esse número é muito maior em uma boa parcela dos usuários) apresentou uma pequena queda: no mesmo período de 2012 a média era de 7 horas e 9 minutos por pessoa. Os dados são da Consultoria Nielsen em pesquisa para o site Mashable. 

POST-TEMPO-MEDIO-G-VS-FACEBOOK

Os ‘minutinhos’ do Google+, comparados às horas dedicadas à maior rede social do mundo são modestos, mas por outro lado, mostram que a atividade dentro do site aumenta em certo ritmo.

A pesquisa divulgou também que os aplicativos para Android e iPhone do Google+ receberam 20 milhões de usuários únicos em março passado: 238% de crescimento em relação a 2012. No desktop o aumento foi de 68%.

Apesar de pequenos, os números apresentados são muito relevantes e nos dão dois indícios claros.

1) O Facebook está perdendo a graça.

2) Os smartphones são os grandes protagonistas da comunicação digital.