O Twitter anunciou no início desta semana a criação de uma nova função, o Twitter Headlines , que vai mostrar notícias como conteúdo relacionado em tuítes embedados em sites. O objetivo do novo recurso é contextualizar, isto é, contar a história por trás do tuíte, além de difundir o conteúdo produzido na rede em outros espaços virtuais e torná-lo acessível a outros leitores.

 

O exemplo traz uma mensagem de David Eun, um dos passageiros sobreviventes do avião que caiu em São Francisco, EUA, em julho, seguido por notícias sobre o acidente – inclusive uma de um meio de comunicação alemão, o que demonstra o potencial internacional da melhoria.

 

Além do caráter informativo bastante útil às empresas jornalísticas e aos sites e blogs em geral, o mecanismo é interessante para acompanhar desdobramentos de tuítes polêmicos de pessoas públicas, por exemplo.

 

Segundo o anúncio, alguns editores que costumam usar tuítes embedados já estão desfrutando da novidade, e quem tem interesse em participar pode enviar um pedido  ao Twitter.