Nós sabíamos que esse dia chegaria: após anunciar que desenvolveria um serviço pago de assinatura, o YouTube divulgou quais são os primeiros canais que cobrarão mensalidades para a visualização de seus vídeos. Dos primeiros 53 anunciados, 29 estão disponíveis no Brasil. São exemplos o National Geographic Kids e o Cars.TV.

 

Imagem: info.abril.com.br

Imagem: info.abril.com.br

Até então a plataforma que ganhou o coração de 1 bilhão de pessoas no planeta obtinha a maior parte dos seus recursos com publicidade dos vídeos digitais. A intenção a partir de agora é cobrar entre R$3,90 e R$19,90 mensais para que as pessoas possam assistir alguns canais. Por enquanto a adesão está disponível somente para computadores, mas a empresa pretende adicionar em breve a possibilidade de assinar também por dispositivos móveis.

Como a maior parte dos serviços pagos na Internet, o YouTube irá oferecer 14 dias de teste gratuito. Em entrevista ao jornal Financial Times, uma fonte do YouTube afirmou que o site “pretende criar uma plataforma de pagamento que pode proporcionar mais conteúdos de qualidade para a satisfação de seus usuários, além de oferecer aos criadores um novo caminho para gerar recursos por seus conteúdos, além de modelos baseados no aluguel e publicidade”.