Não é segredo para ninguém que o modelo de trabalho via home office – ou trabalho remoto – foi por muito tempo visto como um regime incompatível com a produtividade e com o comprometimento com as tarefas profissionais.

No entanto, cada vez mais o home office ganha adeptos em terras tupiniquins. E não estamos falando apenas de colaboradores autônomos, mas também de empresas já consolidadas no mercado.

Para você ter uma ideia, 55% dos trabalhadores corporativos já adotam o modelo, pelo menos uma vez por semana, no Brasil.

Home office: uma questão de produtividade e economia

Por que o modelo home office está virando o queridinho da vez? Bem, podemos dizer que a razão é, em primeiro l só não precisar gastar com luz, água, energia, limpeza… ugar, econômica. Afinal, é vantagem economizar com os gastos na manutenção de um espaço físico de trabalho. Imagine

Então, podemos considerar que, apesar de alguns preconceitos ainda persistirem (será que colaborador vai realmente trabalhar? Será que a produtividade vai cair?), o home office é um modelo que veio para ficar e que se encaixa no mundo que queremos construir para o futuro.

Embora o home office seja o regime de trabalho do futuro, existem alguns segredos para aprimorar a sua produtividade trabalhando de casa – ou de coworking, café, hotel…

E nós te contamos quais são eles logo abaixo!

6 segredos para um home office produtivo

1 – Criar rituais para simbolizar o início e o fim do expediente podem aprimorar o seu foco e melhorar a sua produtividade

Criar rituais pode parecer algo estranho, mas você os faz sem perceber quando trabalha do escritório, acredite. Além disso, trabalhar em lugar que não é a sua casa, por si só, já simboliza o início e o fim do seu horário de trabalho.

Entenda: delimitar bem o seu expediente trabalhando de casa é mais difícil do que parece e pode sobrecarregar você – o que impacta diretamente na sua saúde mental. Sendo assim, crie pequenos gestos que simbolizam o início e o fim do seu envolvimento nas tarefas profissionais.

Descubra como melhorar o seu desempenho via home office

2 – Canais de comunicação eficientes evitam estresse

Não é porque você trabalha em um local diferente do restante da equipe que você deve se isolar. Pelo contrário, é nessa hora que canais efetivos de comunicação demonstram seu valor.

Dessa forma, assegure-se de que o seu processo de comunicação é eficaz e tente torná-lo a prova de erros. Se ele ocorrer via aplicativos, por exemplo, invista em dados móveis com uma boa capacidade de conexão.

Além disso, manter-se sempre conectado e em contato com seus colegas e gestores é aconselhável.

3 – Monte blocos de trabalho para otimizar o seu tempo

Trabalhar em casa pode se revelar uma batalha incansável contra as distrações. Por isso, busque montar blocos de atividades para serem feitas em um período de tempo pré-determinado (uma ou duas horas). Nesse período, evite todas as distrações – inclusive as notificações do seu celular.

Chega de correr contra o tempo para otimizar suas tarefas

Conciliando conforto e produtividade no trabalho remoto

4 – Seu conforto não deve ser jogado para segundo plano

A tentação de trabalhar na sua cama ou estirado no sofá pode ser grande, mas acredite: suas costas vão pagar o preço por isso logo, logo.

Num primeiro momento, trabalhar assim pode até parecer confortável, mas quando falamos a longo prazo, sua postura pode sofrer com dores, lesões e você pode até mesmo perder a concentração. A solução? Investir em móveis ergonômicos para a sua saúde.

5 – Organize seus afazeres domésticos

Organize suas tarefas domésticas para que elas não impactem ou atrapalhem o seu expediente – isso vale principalmente se você costuma fazer home office frequentemente.  

Otimize suas tarefas domésticas e, se você não mora sozinho, converse com os seus companheiros de casa para adequar as atividades domésticas ao seu horário. Afinal, ninguém merece ter que trabalhar com o barulho de um aspirador de pó, não é?

6 – Você deve ser o seu próprio técnico de informática

Não, não é necessário entrar para uma faculdade de T.I ou qualquer coisa do tipo. É preciso apenas que você domine o básico de informática para não virar refém da máquina. Afinal, você não vai ter um analista à sua disposição para qualquer problema eventual.

E aí? O que você achou das nossas dicas para otimizar o seu home office?  

Conta para nós nos comentários se o post foi útil e vai ajudar você a melhorar o seu desempenho profissional!  


A Big House é uma agência digital que transforma boas ideias em resultado. Atuando com Marketing Digital e desenvolvimento web desde 2011, somos uma equipe multidisciplinar certificada em Inbound Marketing focado nas melhores estratégias digitais. Entre com contato conosco pelas nossas redes, leia o conteúdo no Blog da Big House ou acesse nosso site para conhecer a Big.