É bem verdade que o mundo nunca esteve tão saturado de informações. No entanto, também é verdade que cada vez menos conseguimos nos guiar entre essas informações que são despejadas diariamente na internet.

O resultado é uma desinformação crescente num mundo onde a comunicação está, supostamente, cada vez mais fácil. Se você está atento ao que está acontecendo no mundo, então sabe que estamos nos referindo especificamente às notícias falsas na internet, não é?

Podemos considerar as notícias falsas como uma constante no mundo digital graças à velocidade com a qual ela se espalhou. Afinal, só no segundo trimestre de 2018, o Brasil teve mais de 4 milhões de casos de fake news – e isso é apenas o que foi contabilizado.  

Notícia falsa na internet: como funcionam as fake news?

Na maior parte dos casos, as fake news são propagadas incansavelmente pelas redes sociais. Não apenas pelo canais do Facebook, mas também por perfis robôs (chamados bots) do Twitter e até Instagram. Desde a eleição do presidente americano, Donald Trump, as fake news encontraram um mercado em ascensão.

Não a toa, a situação traz inúmeros impactos negativos para pessoas, marcas e organizações que se utilizam do marketing digital. Afinal, elas estão superlotando o seu principal meio de funcionamento: a internet.

Os impactos negativos das notícias falsas na internet

Com a tecnologia, as notícias falsas, boatos e rumores que não são baseados em fatos ampliam seu alcance e passam a fazer parte do dia a dia das pessoas. Na maioria das vezes, basta uma manchete chamativa para que a situação tome proporções gigantescas.  

No que se refere às fake news, temos dois principais tipos que circulam livremente pelas mídias sociais:

  • Notícias mentirosas: na maior parte dos casos, são notícias verídicas usadas fora de contexto com o intuito de manipular a opinião das pessoas. Dessa forma, a fake news ocorre a partir de fatos reais escolhidos a dedo e “reaproveitados”;
  • Notícias intencionalmente enganosas: aqui, notícias são totalmente fabricadas, de forma deliberada. O motivo pode estar no click bate (ou caça-cliques), difamação, poder ou situações políticas. Seus principais canais de disseminação são mídias como o Facebook e aplicativos como WhatsApp.  

A pergunta que não quer calar: como tudo isso afeta a estratégia de Marketing Digital?

Bem, o que acontece se alguém continua mentindo descaradamente para você o tempo todo. O que acontece? Isso mesmo, crises de confiança. E o mesmo ocorre com a internet, a via de desenvolvimento das estratégias digitais.

Dessa forma, num primeiro momento, torna-se cada vez mais desafiador ganhar a confiança do público-alvo.

Nesse sentido, para que a sua estratégia não seja atrapalhada pelas notícias falsas na internet, é fundamental que haja um trabalho de produção de conteúdo relevante e, acima de tudo, transparente.

Mais diretamente, o conteúdo produzido deve estar verdadeiramente alinhado com as necessidades e desejos dos seus potenciais consumidores. Em outras palavras, capriche na hora de traçar suas personas.

Vale o lembrete…

Conteúdos diretamente voltados para a venda dos seus produtos e mais publicitários podem ser facilmente associados com uma tentativa de manipulação. E acredite, seus usuários estão muito atentos a isso.

Então, o melhor é evitar e não dar chance para que seus potenciais clientes interpretem o seu conteúdo como duvidoso.


A Big House é uma agência digital que transforma boas ideias em resultado. Atuando com Marketing Digital e desenvolvimento web desde 2011, somos uma equipe multidisciplinar certificada em Inbound Marketing focado nas melhores estratégias digitais. Entre com contato conosco pelas nossas redes, leia o conteúdo no Blog da Big House ou acesse nosso site para conhecer a Big.