Mobile first

Mobile first é um conceito que vem ganhando cada vez mais espaço dentro das corporações. As pessoas estão constantemente conectadas e já há muito tempo que os smartphones se tornaram a primeira opção da maioria para consumir conteúdo e efetuar tarefas diariamente.

 As empresas precisam estar atentas às mudanças de comportamento dos usuários, indiferente se atuam com venda de caixa de papelão ou com desenvolvimento de tecnologia.

Para que a experiência do usuário seja prática e agradável, é necessário investir no desenvolvimento de plataformas com navegação pensada com Mobile First. Saiba mais sobre este conceito e sua importância neste artigo.

O QUE É MOBILE FIRST?

A aplicação desse conceito no desenvolvimento de sites e plataformas, significa que a experiência mobile, ou seja, o acesso através de smartphones é priorizado.

Isso quer dizer que na prática, que a criação do site ou projeto web será realizada pensando na navegação em smartphones e somente depois são realizadas as adaptações necessárias para desktop.

O conceito foi introduzido em 2011 por Luke Wroblewski, que é Diretor de Produto do Google quando publicou o livro Mobile First (que em tradução livre significa: “Dispositivos móveis em primeiro lugar”).

POR QUE O MOBILE FIRST É IMPORTANTE?

É fundamental que ao desenvolver o site de sua empresa, independente se você vende chave de nível ou presta consultoria para indústrias, seja levada em consideração a experiência do usuário que acessa a internet através de dispositivos móveis.

Considerando que o tráfego através dos smartphones vem só aumentando ao longo do tempo, é preciso ir além de simplesmente adaptar suas plataformas para o mobile, é necessário reconstruir e planejar pensando no mobile primeiramente.

QUAIS AS VANTAGENS DO MOBILE FIRST?

A principal ferramenta de buscas, o Google, há anos leva em consideração para seu ranqueamento e classificação as versões mobile dos sites. Plataformas com melhor usabilidade em dispositivos móveis tendem a ter melhor colocação nos resultados de busca se comparados com sites pensados somente para desktop.

Portanto, investir no desenvolvimento com base nesse conceito pode colaborar para que uma empresa de batedeira industrial, por exemplo, se destaque nas pesquisas diante de outras do mesmo segmento de atuação.

Outro ponto importante a ser considerado é a experiência do usuário. Mais do que descobrir os pontos chaves para serem destacados no site é necessário compreender também o perfil de comportamento dos usuários mobile.

Pessoas que utilizam um smartphone tendem a estar em movimento enquanto consomem conteúdos, utilizam somente uma mão para navegar e utilizam redes de dados móveis para conexão, que normalmente não são suficientes para carregar sites mais pesados.

Através do conceito mobile first a parte prática do desenvolvimento em si tende a ser beneficiada também. As adaptações necessárias para o mobile quando um site é desenvolvido primeiramente para desktop são muitas, podem ser trabalhosas e às vezes caras.

Ao se considerar que o espaço disponível em uma tela de smartphone é substancialmente menor, muitas adequações são necessárias e pode ser preciso inclusive que se elimine itens importantes, sendo que o movimento contrário tende a ser executado com mais facilidade.

Ao compreender os comportamentos dos usuários mobile e lembrando desses pontos é hora de rever o processo de criação das suas plataformas para criar ambientes de navegação mais amigável para o usuário mobile e atingir cada vez mais consumidores.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais!

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.